História da Província de Almeria, Andaluzia


Alojamento

Destinohttps://almeria.costasur.com/pt/index.html

Destino

Temos o guia mais detalhado do teu destino, pelo que se procuras informação, encontraste a melhor fonte...

Autocarroshttps://almeria.costasur.com/pt/horarios-dos-autocarros.html

Autocarros

NO HAY RESULTADOS
NO HAY RESULTADOS

Carroshttps://almeria.costasur.com/pt/alugar-carro-rent-a-car.html

Carros

Desmistificando: alugar um carro não é caro. Decobre o preço a que pode sair durante as tuas férias com a Costasur.

Alugar

Comboioshttp://trenes.rumbo.es/msr/route/searching.do

Comboios

NO HAY RESULTADOS
NO HAY RESULTADOS

Vooshttp://vuelos.rumbo.es/vg1/searching.do

Voos

NO HAY RESULTADOS
NO HAY RESULTADOS

Paque de estacionamentohttps://almeria.costasur.com/pt/estacionamento.html

Paque de estacionamento

Precisas de deixar o teu carro nalgum aeroporto?. A Costasur tem a melhor oferta do mercado, a preços sem concorrência.

Procurar Aeroporto

Ferryhttps://almeria.costasur.com/pt/ferry.html

Ferry

Procuras um ferry? Ao passar o barco digo ao barqueiro, na Costasur quase não custa dinheiro... Não procures mais, aquí temos quase todos.

Vamos pirata!

https://almeria.costasur.com/pt/as-actividades-recreativas.html

Propomos-te opções para evitar o tédio, usa o nosso motor de busca de atividades e faz algo diferente nas tuas férias!

Procurar atividades

História Almeria.
A história de Almería conheceu muitas civilizações e épocas, a partir de tempos pré-históricos em Vélez, da Idade do Bronze nos Milares e uma forte presença na Idade Média, com a Al-Andalus e terminando na idade moderna. Terremotos, pragas, guerras ... têm sido ligados à história de Almería.

Almería Geografia.
A geografia de Almeria consiste em grandes e diversos contrastes, como o das serras cheias de floresta até à paisagem do deserto árido.

Historia de Almería.

A história de Almería deixou a marca de muitas civilizações que decidiram deixar parte de si mesmos neste enclave único, localizado ao sul da Europa. Tal é demonstrado pelo rico património que se estende por toda a província.

Os primeiros indícios de civilizações que surgiram na história de Almería foram na era pré-histórica, de há 18.000 anos atrás, com as famosas pinturas rupestres encontradas no concelho de Los Vélez, declarado Património Mundial em 1998.
Mais tarde, com a idade do cobre, estabeleceu-se em Santa Fé de Mondujar a cultura popular dos Millares, um dos sítios da Idade do Cobre mais importantes na Europa que se estendeu por grande parte da Andaluzia, Múrcia e até mesmo chegando a Portugal.

A cultura seguinte, que estabeleceu-se em terras de Almeria foi o Argar das Antas onde deixaram suas pegadas na Idade do Bronze (1900-1200 aC).

Depois vieram os fenícios, os ibéricos e a cultura romana com os aquedutos, que surgiram no século III aC e deram o nome à capital como Portus Magnus. Os romanos tomaram o controle de Almería até a chegada dos visigodos no século VII. Até este dia, podemos ver a passagem dos Tartessos, fenícios, gregos, cartagineses, romanos, todos eles passaram por Almería para extrair o ouro das minas e dos rios, ambos ouro e prata.

Foi no final do século VIII, quando a história decidiu que os muçulmanos do Norte Africano chegassem à costa de Almería, onde viveram até à Idade Média. Desta longa estadia do Islão estão conservados banhos árabes de Celin em Dalías e o monumento da Alcazaba de Almeria.

Na Idade Média, e pelo desenvolvimento de um mercado regional de ambos os lados do Mar de Alboran (Mediterrâneo), na segunda metade do século IX, Almería poderia se transformar numa cidade que chegou a ser grande e rica. A cidade fundada pelo califa Abd al-Rahman III em 955.

A ocupação por dez anos (1147-1157) por tropas cristãs desmantelou a cidade de Almeria como sustento, empobrecendo e perdendo povoação, que se concentrou em defender a cidade, ainda temos os restos das torres de San Cristobal, semelhante à muralha de Avila.

A localização de Almería no Mediterrâneo e as adversidades que entre os séculos XVI  e o XVIII condicionaram a cidade. O mar tornou-se um maldito mar, frequentado por piratas. Era "o Almería do medo", o medo de cativeiro, terremotos, secas e inundações, pragas e epidemias.

Quando a cidade treme. Ao longo da história aconteceram inúmeros terremotos em Almería. Um dos mais graves aconteceu em 1522, com epicentro em Alhama de Almería, que atingiu uma intensidade 8 na escala Richter e foi acompanhado por um inundação, um tsunami e uma epidemia de peste. A maior parte de Almería foi devastada, destruiu a Catedral antiga e parte da Alcazaba, e mais de 2500 pessoas perderam a vida.

Depois de uma dura reconstrução de Almeria, o relevo na história da Almeria nas mãos dos cristãos trouxeram consigo o renascimento, depois o barroco e posteriormente o neo-clássico. Entraram com força na capital de Almeria e maior mostra disto é que começaram a construir um grande numero de igrejas.

Outro evento importante na história de Almería foi na Guerra Civil Espanhola (1936-1939), onde a população de Almería, no horror da guerra teve de criar uma rede de túneis e abrigos para proteger os civis, construindo uma densa rede com mais de quatro km do centro da cidade, presentes na história como um dos mais bem preservados e mais longos da Europa.

Geografía de Almería.

Nome de Almería é geralmente associado com a costa, mas a província da Andaluzia tem uma longa lista de espaços naturais, um panorama turístico único e pode se orgulhar do deserto único existente em todo o continente europeu.

Concentra alguns dos parques naturais mais espetaculares em torno da península como a Sierra Nevada, Sierra de María-Los Vélez e Cabo de Gata Nijar, além de áreas naturais de grande valor ambiental.
As suas serras atravessam de um lado ao outro a província de Almeria, como testemunhado pela Serra de los Filabres que alberga o Observatório Astronómico de Calar Alto, de Gádor, Las Estancias ou Cabrera-Bedar. Os carvalhos, sobreiros e pinhais estes últimos se estendem ao longo da costa e é neste ambiente onde irás encontrar exemplares de tartaruga em perigo de extinção.

Entusiastas da ornitologia também tem um encontro marcado nestas terras onde eles poderão ver um grande número de espécies de aves em Las Salinas del Cabo de Gata ou nas Salinas de Guardias Viejas e pequenas barragens formadas pela foz do Rio das Antas, e outras vistas a não perder são as extensas florestas percorridos por aves de rapina, embora para isso terás que ir para até ao Refúgio Arroyo Verruga, o Peñol del Negro ou ao mirador das Víboras.
A encosta sul da Serra Nevada tem uma longa tradição de vinho e de paisagens de castanheiras, nogueiras e carvalhos atravessadas por rios de água cristalina.

E, finalmente, o espaço mais conhecido, a costa, o Cabo de Gata principalmente, onde o visitante pode entrar e aprender e descobrir as suas praias selvagens e extensas, enseadas, arribas ...  num espaço único ambiental.
Muitos desses lugares têm servido de cenário para filmes.

Esta posição geográfica especial dá ao território excepcionais condições ambientais, que são reforçadas por um clima particular cujas características são únicas na Europa. Assim surge uma paisagem única, do Sul e Mediterrâneo. Um espetáculo para todos os sentidos.

Ofertas

  • Edificação muçulmana maior de Espanha, depois do Alhambra.

    950 175 500

    C/Almanzor s/n. Almería.

  • Encerra aos domingos e segundas-feiras.

    950 23 03 75

    Biblioteca pública Francisco Villaespesa. Calle Hermanos Machado

  • Los Millares Museu arqueológico tem um dos mais importantes sítios arqueológicos da pré-história europeia, com cerca de 5 mil anos de história.Entre as coleções do Museu de Almeria, merecem atenção especial...

    +34 677903404

    Carretera de Ronda, 91

  • Praia de areia cinzenta, isolada, com poucos serviços e uma taxa de ocupação média.

  • Cabo de Gata - Nijar é um parque natural no sudeste de Espanha, perto da cidade de Almería. É a maior reserva terrestre-marítimo da Europa Ocidental do Mar Mediterrâneo, que abrange 460 kms quadrados,...

    Cabo de Gata, Nijar Parque Natural

  • Extensa praia de rochas e areia cinzenta, com um bom entorno natural, mas que não apresenta grande afluência de visitantes. Desfrute as tuas férias em Almería!

    Castillo de Macenas

  • O Cable Inglês era um cargueiro de mineral, construída pelos Ingleses de "The Alquife Mines and Railway Company Limited", e é um excelente exemplo da arquitetura do ferro. A sua construção foi...

    Cable Ingles, Puerto Deportivo

  • Um cinema como os de antigamente. Venha e aproveite.

    Poeta Villaespesa, 1

  • Exposições variadas, de forma permanente.

    950 17 55 10

    Carretera de Ronda, 91

  • Colonização e mundo ibérico. Mundo romano.

    950 23 37 72

    Archivo Histórico Provincial. Calle Infanta

  • Jazida arqueológica do Calcolítico.

    Información y grupos 677903404

    Santa Fé de Mondujar, a 20 km de Almería.

  • Plaza de las Almadrabillas s/n

  • (+34) 950 268 896

    Plaza Manuel Pérez García, s/n

  • 950234848

    Plaza de la Catedral s/n

  • Paseo de la Caridad, 125, Finca Santa Isabel 04003 Almería, España

Outros sítios e alternativas Costasur

Outras páginas deste destino
Etiquetas